2016 - As nossas memórias

COIMBRA

Sarau de Ano Novo

8 de JANEIRO



Em boa hora a Junta de Freguesia dos Olivais organizou este espetáculo que juntou Né Ladeiras e a Quarentuna de Coimbra no Grande Auditório do Conservatório de Música de Coimbra. A sala esgotou para assistir ao regresso de uma das mais importantes vozes da música tradicional portuguesa, após vários anos de inatividade, tendo o público ficado rendido à prestação da Quarentuna que meia sala nunca tinha ouvido.

SOBREIRO (Condeixa)

Noite de Fados

30 de ABRIL



A Associação do Sobreiro endereçou à Quarentuna de Coimbra o convite para animar uma noite em que o objetivo maior era a angariação de fundos para as festas da localidade. Pavilhão cheio de público entusiasta que ouviu e aplaudiu tanto a Quarentuna como o grupo de fados improvisado que ali se formou para tocar uns fados. Estes ambientes fazem-nos recuar no tempo, na altura em que participavamos nas tunas académicas e percorriamos vilas e aldeias a tocar em festas e romarias.



COIMBRA

Feira Cultural de Coimbra

10 de JUNHO



A convite da Câmara Municipal de Coimbra, a Quarentuna participou novamente nesta mostra que junta o artesanato, os livros, a gastronomia e a música. O dia era de Portugal e, talvez por isso, reuniram-se as nossas tropas de forma a responder afirmativamente ao mencionado convite.

Numa tarde enfeitada pelo sol, a Quarentuna percorreu o recinto, tocando aqui e ali uma modinha, de forma a ir chamando a atenção para a nossa atuação logo a seguir. O recinto estava composto e mais composto ficou durante a nossa intervenção. Foi um público entusiasta o que aplaudiu cada um dos temas interpretados.

Concluída a participação, também nós disfrutámos do espaço, especialmente aquele que nos devolveu o bem estar proporcionado por uma bebida refrescante. Ou duas.

PORTO

Porto Reserva - Festival da Tuna Veterana da Universidade Portucalense

9 de JULHO



Os nossos companheiros portuenses continuam, ano após ano, a organizar um festival que reune cada vez mais tunas de veteranos e quarentunas. Este ano o espetáculo teve lugar na Ribeira de Gaia, ali mesmo junto ao Douro, depois de uma tarde de convívio entre todos os participantes, em volta de um porco assado no espeto.

Um a um subiram a palco os grupos convidados, interpretando 4 ou 5 temas, partilhando com o público presente a sua música. Findo o alinhamento das tunas rumámos novamente ao Porto onde a noite parecia ter pressa em terminar.

 

Fica um agradecimento à Tuna Veterana da Universidade Portucalense pela forma como sempre nos recebeu. Até Setembro, em Coimbra.

COIMBRA

VI Quadragésimo

10 de SETEMBRO



A sexta edição do Quadragésimo trouxe até Coimbra a incontornável Tuna Veterana da Universidade Portucalense e, pela primeira vez, um grupo feminino: Antigas Mondeguinas foi o

nome por elas assumido, o que evidencia a sua origem. O grupo de fados Alma Mater abriu o espetáculo e o homenageado deste ano foi finalmente um homem que se dedicou à viola: o Dr. Rui Pato. Com ele a Quarentuna de Coimbra interpretou "Natal dos simples", tema composto por Zeca Afonso, que o nosso homenageado acompanhou apenas à viola e para a qual fez o arranjo que imortalizou a canção.

Mais uma vez fomos bafejados pela sorte e a noite esteve magnífica, sem frio e sem vento. Isso contribuiu para juntar à volta do palco, novamente montado na Praça Heróis do Ultramar, algumas centenas de pessoas que vibraram com o espetáculo.

TONDELA

17º Encontro Sénior

23 de OUTUBRO



Foi um pavilhão completamente cheio aquele que encontrámos em Tondela à chegada. Algumas centenas de séniores acomodavam-se à mesa para saborear o almoço oferecido pela Câmara local, hábito que se tornou já uma tradição e que pretende proporcionar um dia de convívio à sua população mais idosa.

CASA BRANCA (Coimbra)

Cuarentuna de Morelia

19 de NOVEMBRO



Aproveitando uma visita à Europa de 5 elementos da Cuarentuna de Morelia (México), organizámos uma atuação com ambas as tunas na Associação Recreatica da Casa Branca.

A plateia encheu-se para ouvir a música de grupo a que habitualmente as pessoas não têm acesso, e foi percetível a curiosidade de ver os nossos amigos mexicanos que atuaram com o seu tradicional sombrero e deram espetáculo.

CASAL DO CIMEIRO (Soure)

Festa da Nossa Senhora da Conceição

8 de DEZEMBRO



Aldeia em festa: grande movimentação de pessoas, luz, cor e alegria dão o mote. Foi neste ambiente que a Quarentuna atuou e que nos fez recuar no tempo, recordando-nos as festas de aldeia que percorremos a tocar quando ainda eramos estudantes. O final da tarde terminou à volta da mesa provando os petiscos que nos prepararam.

COIMBRA

VII Aniversário

17 de DEZEMBRO



Ponto alto da vida da Quarentuna de Coimbra, esta comemoração anual reforça os laços de amizade que nos unem e traz ao convívio interno as respetivas famílias. O convívio entre as nossas esposas e os nossos filhos são um motivo que nos enche de alegria.

© 2012 Quarentuna de Coimbra

  • w-facebook
  • w-youtube

Siga-nos em

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now